23 de fev de 2017

Medo do Futuro?




Quem de nós já se sentiu aterrorizado ou o sabor amargo de se sentir perdido quando se pensa no futuro?
Acho que todos nós já passamos por um desses sentimentos...

E por-que a maioria de nós tem medo ou sente uma certa insegurança quando o assunto é simplesmente pensar ou planejar o futuro ?

A resposta certa eu não sei!
Mas  meu ponto de vista é o seguinte...
Só é possivel ter uma emoção negativa ou positiva diante de algo que está prestes à acontecer baseada em algo que já vivemos.

Por exemplo se voce um dia desceu uma escada correndo e acabou caindo, provavelmente voce não vai mais descer qualquer escada correndo.

Resumindo acredito eu que na verdade ninguem teme o futuro. Mas sim, nós temos inseguranças sobre algumas situações que podem vir à tona com ele. O medo do futuro geralmente aparece se for preciso encarar alguma coisa muito semelhante a outra que nos demos mal no passado.

O medo de tentar algo desconhecido não é estagnante. Quando precisamos encarar o futuro o que assusta é tentar e ter um resultado negativo de algo que já tentamos e falhamos.


14 de dez de 2016

Saiba para que serve a é terapia cognitiva



Desenvolvida por Aaron Beck no final de 1950, a terapia cognitiva se tornou recentemente uma das formas mais estudadas  e com mais evidências científicas de eficácia em diversos quadros como depressão, ansiedade generalizada, transtorno de pânico, fobias, dependencia química, transtorno alimentares, transtorno obsessivo-compulsivo, transtorno de personalidade, e até como terapia para casais em crises conjugais.

Em si a terapia cognitiva tem como missão, reorganizar a mente de uma pessoa que tenha algum transtorno como citado acima. 

As sessões da terapia são geralmente estruturadas e direcionadas para auxiliar o paciente a solucionar os problemas atuais que tem causado pensamentos distorcidos ou disfuncionais de acordo com a realidade e como a pessoa vê ela mesma. 


Consequentemente quem se submete a uma terapia cognitiva é obrigado a lidar com todas situações da vida ou seja as questões familiares, relacionamentos amorosos, carreira, estudos, hobbies e o principal motivo que sempre será aquele que levou o paciente até um psicólogo que sugeriu a terapia cognitiva.



Especular várias áreas da vida de alguém acontece porque simplesmente um problema pode ter desencadeado um outro muito maior que por si só nós não conseguimos resolver sozinhos.





Pesquise