17 de jun de 2010

Cientistas querem estudar a genética de Ozzy Osbourne



Cientistas querem estudar a genética de Ozzy Osbourne para descobrir como o roqueiro conseguiu sobreviver depois de décadas abusando do álcool e das drogas. Aos 61 anos, o líder da banda Black Sabbath fará parte de um estudo do seu DNA, que será analisado na tentativa de descobrir como as drogas são absorvidas pelo corpo humano.


Nem o próprio Ozzy acredita em sua longevidade. O cantor já se descreveu como um "milagre da medicina" e conta com muito bom humor que passou praticamente 40 anos bêbado, admitindo tomar até 3 garrafas de conhaque por dia em uma época de sua vida. ^^


Osbourne sofre de uma doença genética similar ao mal de Parkinson e já teve internamentos em uma clínica psiquiátrica. Os testes prentendem explicar porque roqueiros como Ozzy, Keith Richards e Iggy Pop por exemplo suportam uma quantidade maior de álcool e drogas do que uma pessoa "normal".

3 comentários:

Deze disse...

huashuhaushuahus
que idéia!
Mas tomara que ele fique ainda anos e anos por aqui!!!

©αмιℓα disse...

ja pensou?

Anônimo disse...

Maluquinho ele né, também postei isso. Não aceita, tenho um link interessante mana que prova q vc tá bem como tá:

http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mulher/mat/2010/06/21/cerebro-distorce-imagem-que-temos-do-proprio-corpo-916933359.asp

K

Pesquise