29 de mai de 2012

Um pouco sobre a vida militar de Elvis Presley na Alemanhã








No dia 2 de outubro de 1958, o já então famoso Elvis Presley chegava à Alemanha para prestar o serviço militar obrigatório.

O " rei ", como era chamado pela seus fãs de todo o mundo, se apresentou após 6 meses de treinamento militar nos EUA, no 32º Regimento da 3ª Divisão Blindada de Friedberg , um vilarejo de 18 mil habitantes ao norte de Frankfurt.






Por casualidade, no local passa um rio chamado Usa. Além disso, durante a Segunda Guerra Mundial o regime havia sido comandado pelo lendário general Patton. Hoje em dia, Friedberg é centro de peregrinação dos fãs de Elvis na Europa.


Durante os 17 meses de sua estadia no local, quem teve contato com o militar Elvis Presley ficou encantado com seu jeito espontâneo e simpatia. Claro que, por ser um astro, não foi tratado como um recruta qualquer. O astro do rock ficou inicialmente hospedado num hotel de luxo, depois alugou uma mansão em Bad Nauheim, onde acabou morando acompanhado de vários seguranças, além do pai e da sua avó.






Embora praticamente não tivesse contato com a população alemã, algumas poucas fotos testemunham que o astro, assim como outros soldados norte-americanos, buscavam contato com as garotas alemãs.
Ao encerrar a permanência na Alemanha, os planos de Elvis Presley eram continuar gravando discos, prosseguir as turnês e gravava o filme GI Blues, sendo o 5º filme da carreira dele, que no Brasil foi lançado com o título de: Saudades de um Pracinha.


Ao deixar a Alemanhã, garantiu ter aprendido muito no país e prometeu que voltaria para o vilarejo. O que acabou não acontecendo, para a decepção dos moradores de Friedberg e regiões ao redor.



Um comentário:

Linkicha - O agregador bicha disse...

É o rei!

Linkicha - Agregando ótimos links: www.linkicha.com.br

Pesquise