8 de out de 2012

Porque algumas pessoas bebem e esquecem o que aconteceu?



Eu quando bebo sou a do tipo que durmo mas lembro tudo da noite anterior, do dia anterior, minha mémoria não fica fraca depois de tomar uns goles, porém minha memória literalmente vai pro inferno quando não durmo bem ou durmo menos de 6, 7 horas por noite.
Tá agora chega de falar de mim  vamos pro assunto do post.


O estudo recentemente feito e publicado na edição de junho de 2012 da revista Alcoolismo: Pesquisa Experimental e Clínica. (the journal Alcoholism: Clinical e experimental research.)

Foi feito com médicos neurologistas e 24 voluntários todos estudantes, que costumam sair 2 ou 3 vezes por semana, consumindo cerca de cinco bebidas por noite, uma quantidade considerada suficiente para ficar "alterado".



Os neurologistas dividiram a galera em dois grupos:
* Os que têm um histórico de esquecer as coisas após uma noite regarrada a bebeidas alcoólicas e o grupo daqueles que não esquecem fatos ocorridos mesmo quando estavam bêbados. Durante o estudo imagens cerebrais foram coletadas enquanto eles faziam testes de memória, estando sóbrios e após alguns drinks.


Quando sóbrios, os dois grupos mostraram resultados similares.
Mas mesmo após quantidades pequenas de álcool, até duas cervejas ou três taças de vinho, os pesquisadores observaram grandes diferenças na atividade cerebral.




Por exemplo, aqueles que costumam ser "esquecidos" mostram menos atividade nas partes responsáveis por transformar experiências em memórias, bem como nas partes cerebrais responsáveis pela atenção e funções cognitivas.

O dr. Wetherill disse que mais estudos precisam serem feitos até chegarem a uma resposta concreta de inicio ele acredita que o que pode acontecer é que algumas pessoas tem um cérebro que consegue guardar memórias até certo ponto, a partir do momento em a pessoa talvez já com tendencia ou histórico de um leve deficit de memória ou pessoas hiperativas quando bebem o estado cerebral muda e ele fica sobrecarregado e neste ponto não consegue mais capturar e guardar o que aconteceu enquanto estava bêbado.




Pra finalizar o médico Reagan Wetherill disse: "Estamos estudando basicamente a perda parcial de memória após beber muito. A maioria das pessoas consegue lembrar pedaços das coisas, da noite ou dia anterior se tiver dicas sobre elas, se alguem começar a comentar fatos ocorridos. As vezes, o cérebro não está necessariamente ligado, pegando a informação e registrando o que está acontecendo".

E como todos nós sabemos, esses esquecimentos podem trazer consequências. Os especialistas ainda não estão estudando a total amnésia (esquecimento completo da noite anterior), mas sugerem que isso seria uma extensão do esquecimento parcial: quando mais álcool, maior o esquecimento.


fonte

Nenhum comentário:

Pesquise