28 de jan de 2013

Por-que as vezes esquecemos o que iamos fazer?



Isso já aconteceu com todo mundo e é uma coisa bem comum de se repetir com uma certa frequencia.

Do tipo voce sai de um determinado lugar, tem algo em mente pra fazer, e ao chegar aonde voce queria pronto, já era! Voce não se lembra mais o que ia fazer, pegar etc...


Agora a ciência explica o porque isso acontece, e o problema não é com uma pessoa particularmente, não há nada errado com sua cabeça ou na memória. O verdadeiro problema é na "entrada" quando voce chega aonde ia fazer, pegar, deixar algo etc...


"Quando passamos de um local para outro,
o cérebro identifica cada um como um novo evento,
e prepara a memória para prestar atenção ali aonde voce chegou e não mais o local que estava."

Isso é o que afirma o autor do estudo Gabriel Radvansky que também é escritor do livro (Human Memory) e professor de psicologia da Universidade de Notre Dame.





Ao longo dos capítulos do livro, ele explica que cada vez que entramos em um local seja para fazer o que for, isso marca o fim de um episódio para o cérebro e o começo de outro.
Devido esse simples fato fica as vezes difícil reviver memórias anteriores porque elas já foram arquivadas, aí nos perguntamos o que eu vim pegar ou deixar aqui?


Até forçamos o sistema nervoso, as vezes quase desistindo do que iriamos fazer e simplesmente a memória reaparece. Isso porque de tanto pensar se preocupar com o esquecimento imediato, acabamos ativando o sistema nervoso executivo, que é responsável por nos em matermos alerta.


O autor aconselha que quando voce estiver indo por exemplo pegar algo na cozinha e levar pra outra peça da casa que no meio do caminhovoce pegue outra coisa, o que bater os olhos taá valendo, leve e pense "depois vou dar uma olhada nisso por exemplo."
Tal atitude segundo o psicólogo faz com que o cérebro fique alerta, assim evitando que a  gente não esqueça do que estamos preparados pra ir fazer.

Um comentário:

william haddad disse...

eu falava isso para a prof. de matem. mas não adiantava era zerooooooooooooooooo zerooooooooooooooooooo

Pesquise