17 de mai de 2010

a história do baton



Eu pessoalmente não uso batom, não gosto! em mim não combina! Mas acho bonito nos outros.
A história começa no século passado. Quando o francês Rhocopiso inventou o "baton" a massa consistia em uma mistura de talco, óleo de amêndoas, essências de bergamota e limão. A primeira cor inventada foi a vermelha e os batons eram vendidos numa embalagem de papel de seda. O produto conquistou mulheres no mundo inteiro.

Porém foi só durante a Primeira Guerra Mundial que as donas de casa perderam o preconceito e aderiram à moda do batom vermelho.
O formato dos batons também passou por processos de modernização e praticidade. Ainda na Primeira Guerra Mundial, os Estados Unidos lançaram um colorante labial, um pouco semelhante ao brilho atual vendido por aí.

Em meios da década de 1920 o baton era estampado nas páginas de várias revistas de moda, como a Vogue por exemplo.

A fórmula definitiva do batom teve início na década de 1940. Daí em diante surgiram diversas cores e marcas.

Hoje em dia as indústrias incorparam novos efeitos no batom além da cor.
Como: hidratação, fatores de proteção solar, e também quimicas anti ressecamento dos lábios para o frio.

4 comentários:

A Madrasta Má disse...

Uso pouco, mas adoro um!
bjinhos da Madrasta!

©αмιℓα disse...

massa

Juh ♫ disse...

Adorei o post!
Eu adoooooooooooooooooro batom, não uso com frequência, mas adooooro, principalmente cores como vermelho,roxo,púrpura/cor de vinho e preto.Aqueles tipos que muita gente não gosta de usar porque é muito chamativo,mas eu acho um charme =D

_kruella disse...

Assim, que eu saiba, no antigo Egito as mulheres 'disponíveis para o sexo' usavam corantes labiais da cor dos 'outros' lábios. Daí surgiu o batom vermelho.

Pesquise