11 de fev de 2011

Aprenda a superar traumas


O ser humano tem sempre uma receita infalível para resolver os problemas alheios né???
Assim como eu estou fazendo isso agora!
Talvez aí esteja a solução para o seu problema, o meu problema e de todo resto da humanidade... Tente analisar o seu trauma, sua preocupação como sendo o problema de outra pessoa. Observe todas as alternativas que, no caso, voce encontraria se não fosse tua a situação momentanea.


Todo trauma atinge a mente!
Digamos que seja um ematoma mental... Algo que machucou a sua mente e a cura está também na mente. Seria uma cura mental. Um ferimento físico por exemplo, precisa 2 coisas: Remédio e tempo.
Melhor explicado ainda: Remédio por um certo tempo, remédio durante o período de tratamento.
Se o trauma, o ferimento não é fisico é só um amontoado de memorias que empacam sua vida, o remédio seria: Convencer o seu subconsciente de que essa trauma não existe mais. Pense que voce já superou esse trauma.
Se acomode em um local confortavel volte ao momento que antecedeu o trauma, como voce seria, se sentiria hoje se aquilo - a cagada ou seja lá qual situação houve contigo
jamais tivesse acontecido??? Isso mudou o que em voce?
Gente... o mundo a nossa volta ... a vida em si é feita de pura percepção e interpretação.

Nas memorias do trauma tente colocar em sua mente com auto sugestões mesmo que isso não existe mais, não irá ocorrer, passou não adianta se martirizar com:
PORQUE ISSO ACONTECEU?

Pare por um instante e veja em voce o quanto voce pode ter crescido e amadurecido com tais fatos ou acontecimentos!
SEMPRE SE PERGUNTE ...
TÁ AGORA QUE ISSO OCORREU, PRA QUE FOI? QUAL O PROPOSITO DISSO?
EM QUE AREAS AMADURECI? O QUE APRENDI?

Quando paramos de procurar o porque da situação vamos até o PRA QUE
e procurando o PRA QUE disso ou daquilo certamente temos a capacidade de transformar qualquer desgraça em dádiva né...!!

2 comentários:

A. A.Garcez Conceição disse...

Estou fazendo um "ritual" há dias aqui... é sempre bom ter mais alguma novinha haha.

Diego Borges disse...

Ponto de vista interessante. Sempre digo isso aos que me procuram pra conversar sobre seus problemas. Não adianta sentar e chorar , tem que levantar a cabeça não dar ao problema ou erro a importância que ele não tem.
abração !! :)

Pesquise