24 de fev de 2013

Por-que as vezes o tempo passa rápido e as vezes devagar?



Não só eu mas como todo mundo já viveu dias ou noites em que parece que  tempo literalmente voa ou passa extremamente devagar!

As vezes antes de olhamos o relógio pensamos:
"ah se passaram alguns minutos só, boom quando vimos
 já se foram 1 hr, 2 hrs ou....
ah já deve ter passado 1hr, voce olha no relógio 
nem 30 minutos se foram ainda..."


Mas porque isso acontece e com frequencias diferentes?

A percepção do tempo creio eu que varia de pessoa para pessoa de  acordo com alguma exata situação.

Segundo o professor William Gomes, do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, para a psicologia, o tempo é apenas uma forma de medir nossos julgamentos.
O tempo psicológico não corresponde ao cronológico. Ele corresponde ao estado momentâneo emocional e mental de cada pessoa.
Segundo William, nosso tempo vai depender de como estamos nos sentindo, assim como nossa atitude em relação ao passado e ao futuro próximo.

Por exemplo: quando estamos diante de um desafio, tipo uma entrevista de emprego, uma prova, um encontro etc... nós estamos direcionando a atenção totalmente para o futuro, as horas podem passar voando porque se concentrar no futuro traz a ansiedade.




Já quando o tempo passa devagar tende ser aqueles momentos onde não temos nada importante pra fazer, não estamos pensando no futuro e sim mais no passado, seja um passado recente ou mais antigo.
É bem aí que no tédio começamos remoer e vagar entre idéias aleatórias.
Quanto mais uma coisa nos incomoda, sentimos um tipo de agonia  
(não aguento mais isso ou aquilo) e dessa maneira que o tempo tende a se arrastar ainda mais.
O psicológo William explica que um momento em que a pessoa precise lidar com algo que tenha sido perturbadador no passado provavelmente o tempo passará mais devagar, porque faz com que a pessoa fique no martir de lembranças não agradáveis e reavaliando as próprias atitudes.




Mas enfim existe alguma maneira de controlar a forma como sentimos o tempo passar?

A  psicologia diz que sim!
Mas quem tentar vai precisar de uma boa dose de concentração.

"Controlar o tempo depende da sua capacidade 
de dirigir a consciência para o momento "aqui e agora" 
e colocar as preocupações de lado. 
A prática da meditação, pode ajudar pois possibilita 
a pessoa se ausentar ou se afastar dos pensamentos,
 mantendo a mente limpa por um determinado momento"
Disse o professor William



Enfim quando o tempo passa rápido demais ou devagar demais, tudo é questão de como estamos encarando uma determinada situação, qual peso emocional colocamos nela? A pressa ou falta de ânimo?
De que forma pensamos quando temos muita coisa à ser feita e quando não há praticamente nada pra ser feito?


A mente humana é complicada assim como nosso subconsciente e as emoções, personalidade, jeito de ser tudo lá armazenado nele.

Nenhum comentário:

Pesquise