5 de mar de 2015

3 mitos que a ciência não sabe explicar




1 – A CONEXÃO ENTRE MENTE E CORPO 

Nem mesmo a ciência entende por completo qual é a forma com que a mente pode influenciar o corpo.
O efeito placebo é um ótimo exemplo!!!
Digamos que você toma um remédio que não passa de uma pílula de farinha, e sente que sua dor de cabeça está passando, simplesmente por achar que tomou alguma substância química, um analgésico que faria efeito.
A capacidade do corpo de "se curar" é, ainda, um grande mistério pra medicina, psicologia e cientistas.





 2 - INTUIÇÃO

Poderes psíquicos e percepção extra-sensorial estão nessa lista porque não é apenas 1 ou 2 pessoas que acreditam nisso, porque há ocorrências de casos dessa cateegoria no mundo todo.
Muitas pessoas acreditam que a intuição é um poder psíquico que permite que alguém acesse conhecimentos "fora do alcance" que ocorreram no futuro.
Os resultados até agora com experimentos que tentaram provar a existência da INTUIÇÃO foram relativos e algusn mal-sucedidos, mas há quem diga que, na presença de cientistas e de outros céticos, esses poderes diminuem. A tal falha sensorial poderia ser causada justamente pela conexão entre "auto-fé e julgamento" nesse instante onde uma pessoa que possui algum poder extra-sensorial estar sendo testada sua auto-fé diminui e sem a "fé" tais poderes extra sensoriais não ocorrem pelo auto-medo de falhar.




3 – EXPERIÊNCIAS DE QUASE-MORTE E VIDA APÓS A MORTE



Dificil é provar que existe algo após a morte. porque quem faleceu mesmo nunca conseguiu voltar!!! rsrsrsrs Ass exceções ficam po conta da tal  comunicação entre espiritos feito por médiuns e tais mensagens psicografadas.
Há pessoas que dizem ter passado por isso pela experiênciaa de quase-morte. Os relatos incluem desde túneis de luz até conversas com outros falecidos enquanto, elas mesmas, passavam por problemas de saúde no mundo físico (paradas cardíacas e outras complicações do gênero).
Mas ninguém ainda trouxe alguma informação ou prova incontestável de que "esteve do outro lado".
Céticos acreditam que essas experiências podem ser facilmente explicadas por alucinações ou traumas no cérebro que uma pessoa que está quase morrendo teria.
No entanto, eles também não conseguem provar essa teoria.
Quando alguem esta em estado de coma a medicina acredita que a pessoa esteve "sonhando" e ao acordar se lembra e conta os detalhes do sonho meio alucinacinado.

 

Nenhum comentário:

Pesquise