9 de ago de 2015

Amy Lee processa gravadora por perder 1 milhão de dólares



Segundo o site TMZ, a vocalista do Evanescence Amy Lee entrou com um processo contra a sua gravadora, a Wind-UP Records, que de acordo com ela arruinou a carreira da banda e fazendo os músicos deixarem de lucrar mais de US$ 1 milhão de dólares.

Amy Lee afirma que a gravadora arquitetou um plano para sabotar a banda ao trocarem os promotores. Onde ela diz: "um bando de idiotas que lucraram graças a banda e fatos que o Evanescence acabou perdendo alguns direitos autorais".

A banda criada em 1995 lançou três álbuns de estúdio até agora. Sendo ele "Fallen" de 2003, "Open Door" em 2006 e o último foi o disco auto-intitulado "Evanescence" lançado em 2011.
A banda já vendeu mais de 26 milhões de discos no mundo todo.





Nenhum comentário:

Pesquise