26 de jan de 2015

A origem do perfume - desvendando o mito frânces



Do contrário do que muita gente pensa, a origem do perfume não é francesa, mas que as primeiras referências do perfume surgiram nas antigas civilizações especialmente no Egito.

O primeiro desodorante foi criado pelos egipicios feito com mirra, incenso, alecrim e tomilho.


Mais tarde na Índia e na Arabia que surgiram os primeiros mestres perfumistas. Isso porque eles compreendiam e apreciavam várias frutas, plantas e ervas em geral e flores. Conta a história que eles tinham bons conhecimentos de higiene e medicina assim como o povo egípicio.
Então os indianos e árabes produziram o "exilir" com demais plantas.
 *** Exilir é um ingrediente que é dissolvido numa solução que contenha alguma porcentagem de álcool etílico, são açucarados ou glicerinados, contendo substâncias aromática ou com bases medicamentosas.


Os gregos deram continuidade à pesquisa do perfume e desenvolveram o processo de destilação do vapor e óleos aromáticos.

O mito do perfume ter origem francesa nasceu da seguinte forma:



Catarina de Médicis (foto) nascida na Itália em 13/04/1519 e faleceu em 05/01/1580 orfã de pai desde os 2 meses de vida e neta de um Governante da cidade Italiana Florença.

Aos 15 anos ela decidiu deixar Florença pra se casar com Henrique de Valois, futuro Rei da França, trouxe dois perfumistas encarregados de procurar durante a viagem uma vegetação similar a de Toscana.

Os perfumistas encontraram, no sul da França, na região de Provence a aldeia de Grasse onde ali havia muitos estrangeiros como árabes, egipícios e indianos entre outros europeus e nas colinas desta aldeia além de flores, tinha por lá uma raridade pra eles, diversas rosas e assim foi possível fabricar perfumes.


Logo a reputação dos perfumes criados na aldeia francesa de Grasse conquistou Paris e, depois, toda a Europa e a indústria da perfumaria rapidamente cresceu nos demais países Europeus.

Nenhum comentário:

Pesquise